A cortiça é obtida da casca do Sobreiro, uma árvore invulgar da natureza.
Desenvolve-se nas regiões Mediterrânicas, mas Portugal possui mais de 50% da
produção mundial.

O Sobreiro é uma árvore com grande longevidade e com uma enorme capacidade
de regeneração.

A espessura da sua casca permite que, em cada década, seja extraída a cortiça
sem danificar a árvore, que pode viver, em média 150 a 200 anos.

A cortiça, devido às suas propriedades, tem sido principalmente utilizada em
rolhas, mas também em muitas industrias, nomeadamente, isolamento, pavimentos,
em materiais para a saúde ou na indústria aeroespacial.

Mas a cortiça é, cada vez mais, utilizada em acessórios de moda, que estão ao
dispor do seu prazer!

O Atelier da Cortiça desenvolveu uma coleção de artesanato com design próprio, que oferece uma
gama de produtos muito diversos, como malas, bolsas, capas de livros, pulseiras,
colares, e muitas outras formas de acessórios tanto para senhoras como
para o homem.

Sinta como os tecidos de cortiça têm um toque suave e agradável, com propriedades
hipoalergênicas (como não absorve poeira, contribui na proteção
contra alergias), com grande resistência ao atrito e mesmo à água.

É também biodegradável.

Como cuidar: os tecidos vegetais obtidos da cortiça podem ser facilmente
limpos com um pano húmido e se necessário, com um pouco de sabão neutro,
deixando secar naturalmente à sombra.